Pesquise sobre Imigração Canadá

Pesquisa personalizada

École de français québécois

segunda-feira, 2 de julho de 2007

Agora minhas impressões da palestra!! :)

Olá minha gente, meu maridinho escreveu sobre as impressões dele da palestra agora é a minha vez, vou falar sobre o que Soraia falou e as coisas que achei interessantes....
Então vamos lá:

*Província de Québec

-É a maior província Canadense.
-São 7,5 milhões de habitantes, tanto canadense como imigrantes.
-São 4 pessoas por quilômetro quadrado.
-A maior parte da população de Quebec está no Sul.
-A maior cidade de Québec é Montreal.
-Montreal é a segunda maior cidade do Canadá.
-45% da população do Canadá mora em Montreal (3,5 milhões de habitantes).
-Montreal é uma cidade bilíngüe ( Francês e Inglês).
-O português é a quarta língua mais falada em Montreal, graças à comunidade portuguesa.

*Sherbrooke, Trois-Rivières

-Estão com um crescimento muito grande, buscando mais imigrantes,
-Elas estão a mais ou menos 1 hora e meia de Montreal.
-Sherbrook tem 2 grandes Universidades, uma em Francês e outra em Inglês.

*O frio no Québec


-Em todos os lugares tem calefação (+22 Graus).
-Deve-se colocar uma roupa leve por baixo das roupas de frio.
-As pessoas deixam sapatos confortáveis no trabalho, por causa das botas desconfortáveis que usam no frio.
-Os dias são bastante claros e chove muito pouco no Québec.
-Os dias são curtos no inverno começam às 6 da manhã e terminam às 4 da tarde.

*Saúde e Educação

-Toda a assistência médica hospitalar é gratuita.
-Todos tem o mesmo plano de saúde do governo.
-Não existe plano de saúde particular como no Brasil.
-A carteira de saúde chega em no máximo 3 meses depois do pedido, assim que chega a Québec.
-Se você chega grávida no Québec você não precisa esperar esses 3 meses para ter acesso à saúde, você já tem assim que entra no país.
-O ensino é em Francês.
-Existe pelo menos 1 escola em cada bairro.
-O filho de imigrante vai estudar primeiro em uma classe de francês, para ser alfabetizado, depois de 1 a 6 meses ele irá para uma classe junto com os canadenses.

*Trabalho

-O valor do salário mínimo é de CAN$ 7,60 / hora.
-Uma diarista cobra no mínimo CAN$ 10,0 / hora.
-Engenheiros e Área de Saúde o salário é de CAN$ 35 a 40 / hora.
-Economista e Administrador o salário é de CAN$ 30 / hora.
-São 40 horas semanais de trabalho.
-Com 5 a 7 anos de trabalho você já compra sua casa, 15% a vista e os 85% restante você financia por 25 anos com um juros pré-fixado de 3% a 4% ao ano.
-A licença-maternidade remunerada é de 1 ano onde a mãe recebe de 60% a 70% do salário.
-O pai tem 6 semanas de licença-paternidade.
-Há oportunidade de trabalho em todas as áreas.
-O Québec está selecionando profissionais qualificados para trabalharem em suas áreas específicas e não em subempregos.

*Equivalência de Diplomas

-Quando é feita a comparação das disciplinas brasileiras com as canadenses a matéria que não for equivalente com a canadense o imigrante volta a estudar apenas a(s) disciplina(s) que faltam na universidade.
-Em algumas profissões como Advogado e contador, o imigrante enquanto estuda ele pode trabalhar em sua área, só não poderá assinar até terminar os estudos e aí ser membro do conselho.
-Em profissões altamente regulamentadas como as da área biológica enquanto não for membro do conselho não poderá trabalhar na área.
-Esse processo para poder fazer parte do conselho pode levar de 1,5 a 2 anos.

*Algumas curiosidades em relação ao processo

-Se você ainda não se formou, termine a faculdade para dar inicio ao seu processo, não dê entrada enquanto está na faculdade.
-Quem faz aula particular de Francês, peça ao seu professor uma carta dizendo quantas horas de Francês você fez.
-Os estudos no Brasil são muito bem aceitos em Québec.
-Qualquer curso para ser aceito no Québec tem que ter o selo do MEC.
-Os cursos superiores de curta duração ( 2 anos) são considerados como tecnólogos ou técnico avançado no Québec.
-Quem já morou no Québec ou pelo menos ficou 2 semanas lá nos últimos 10 anos conta pontos.
-A especialização MBA tem que ter no mínimo 450 horas.
-Sai mais em conta dar entrada daqui do Brasil na equivalência de diploma em sua determinada Ordem, porém o tradutor juramentado daqui do Brasil tem que ser aceito pela ordem, então é necessário mandar um currículo do tradutor para a ordem e ela responder se o tradutor é aceito ou não, assim não se gasta dinheiro em vão em traduções que não serão aceitas.
-A lei de residência do Canadá diz que o imigrante depois de 5 anos tem que ter morado no Canadá pelo menos 2 anos para não perder seu visto.

Bem gente, acho que isso é só, essas foram minhas impressões da palestra, é bom lembrar que a palestra foi sobre o Québec, então as informações estavam voltadas para a província.
Estas informações foram passadas pela Soraia Tandell. Sabemos que muitos podem discordar, principalmente os que já estão no Canadá e podem postar aqui e revelar qual a verdadeira realidade. Precisamos de todas as informações possíveis para seguir nossa trajetória.

Como meu marido falou ele gravou a palestra e ele dividiu em 2 partes, uma a palestra em sí e outra as perguntas, só que estamos com um probleminha, não sabemos como colocar o áudio aqui no blog, se alguém souber por favor nos ensine rrsrsrsrs, para podermos postá-lo aqui no blog.

Beijinhos a todos. Tuco :)

5 comentários:

chao_de_giz disse...

mais ma vez legal e esclarecedor o comentário de vcs.bom,sou meio "lerdo"em assuntos relacionados à internet,e não sei se temos como manter contato por aki com outras pessoas tambem com o meso propósito.tem umas comunidades no orkut,mas gostaria mesmo de manter contato com pessoas daqui de Salvador.Qualquer coisa,meu orkut omar brito(estou numa foto meditando-rsrsrs).abraços.

Juliano Julio disse...

E ae...
Legal o post! Coloquem o áudio usando o Odeo: http://odeo.com/

Abraços!
http://caju.brasileiros.com.br/

Camila disse...

OI gente! legal encontrar esse blog, pois também sou enfermeira, meu noivo é de TI e estamos indo pro Canadá. Queria a ajuda de vcs quanto aos contatos das profas de frances que dão aula em casa. Vamos nos falando e trocando informações, temos um amigo lá que passou por esse processo há tres anos e está muito feliz! Grande beijo!

Camila disse...

ops, esqueci de deixar o contato, aí vai: camivalente@gmail.com

htapoly disse...

Adorei o blog de vcs. Super organizado. Parabéns! Eu e meu marido estamos em fase de definição de qual o melhor lugar p/ imigrarmos, Canadá ou Austrália. No Canadá temos um casal de amigos que está morando em Calgary por um mês e já está bem (trabalhando, ele é da área de TI e ela é arquiteta, c/ carro próprio e apartamento alugado). Por enquanto eles e a Internet são as nossas fontes de pesquisas. Enquanto que a Austrália ainda é uma realidade muito desconhecida p/ nós.
Caso optemos pelo Canadá, qual o melhor processo via federal ou Quebec?
Aguardo retorno de vcs,
Sucesso!

Polyanna David
Salvador/BA