Pesquise sobre Imigração Canadá

Pesquisa personalizada

École de français québécois

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Educação Parte II - Garderie - Filhos em Ville de Quebec

Conforme combinamos com vocês, vamos escrever um pouco sobre a saga da Garderie para o meu filho menor de 4 anos.
Todos que estão se arrumando para vir para Québec deve saber que o sistema de ensino público começa quando a criança completa 5 anos no dia 30 de setembro. Ou seja, se vier com um filho menor e precisar sair pra estudar ou trabalhar vai ter que arranjar uma Garderie (espécie de escolinha que existe em algumas modalidades - Centre de la petite enfance CPE, Garde en milieu familial - Meio familiar, ou tipo creche pequena). Todas você precisará pagar um valor por dia útil.
 
Os valores variam de 7 dólares a  50 dólares por dia, podendo a chegar a valores superiores. Estas de 7 dólares por dia são como sonho para os pais desesperados para deixar seus filhos...  Além de serem uma mão na roda pelo preço, são Garderies subvencionadas pelo Governo (por isto esse preço), e por isso, o mais importante, são constantemente avaliadas e visitadas pelo Governo de Quebec. Essas Garderies precisam de autorização para funcionar e cumprir diversos requisitos. Ou seja, além de pagar menos vc fica um pouco menos preocupado. Claro que sempre estaremos em pânico no início.
Quando você chega em Quebec tudo é muito novo para os adultos, imagine para as crianças. Mas não há o que se preocupar tanto. Eles são realmente mais flexíveis que nós adultos. Percebi nesse um mês de Garderie que ele faz mais manha porque estamos por perto do que por estar triste ou com medo.
 
Assim que chegamos organizamos documentos e nos ajeitamos em nossa nova casa. O menor passou por um certo desconforto nos primeiros dias. Acredito que este choque começou desde o Brasil. Logo que começamos a nos desfazer de nossas coisas ele ficou  meio confuso e desnorteado. A casa vazia, seu quarto sendo desfeito, mudamos para a casa de minha irmã, depois vimos que ele estava bem estressado e resolvemos pegar um apartamento por 20 dias mobiliado, bem pequeno para economizar, mas para que ele ficasse bem a vontade e tranquilo. Realmente foi uma ótima idéia da esposa porque ele mudou para melhor nestes dias que antecederam a viagem.
 
Fizemos uma viagem longa e durante o voo mais longo ele passou muito mal. Ficou com os lábios pálidos, enjoado, tonto, vomitando e ficamos muito, mas muito tensos, queríamos que aquela viagem acabasse logo e que chegássemos em terra firme. Foram horas que pareciam não acabar. Dava pra ver que 95% daquilo era psicológico e ele estava sentindo um pouco a mudança. Fomos a viagem inteira acalmando ele e dando colo. Quando demos um pouco de sal e depois açúcar para ele, ele foi reanimando e os lábios corando.
 
Graças a Deus terminou e chegamos em Toronto. Com os poucos minutos de alfândega e imigração conseguimos colocar ele no chão firme, demos um tempinho e ele ficou melhor.
Assim que chegamos em Quebec a casa estava relativamente arrumada graças à uma grande amiga que mora aqui há um bom tempo e ajudou muito com a compra de móveis e eletrodomésticos usados antes de chegarmos (Rebeca !!!). Mas assim que entramos ele foi reconhecendo o lugar e se adaptando aos poucos. Chegou a chorar e abraçar a mãe pedindo para voltar para casa e pedindo para voltar para a casa de vovó. Minha esposa segurou o choro e quase entrega os pontos de tanta preocupação.
 
Mas percebi que tinha uma coisa muito errada e que eu tinha lido. A casa dele deveria parecer uma casa e ainda não parecia. Faltava copos, pratos, talheres, o quartinho deles estava somente as camas , sem colchões, sem os brinquedinhos dele e com malas pelo chão.
 
Aproveitamos que nosso grande irmão Ale tinha alugado um carro grande pra nos buscar no Aeroporto e exploramos a boa vontade dele. Saímos no mesmo dia e compramos colchões novos.  Eu pagaria tudo que tinha na mão para ver ele melhor. Compramos alguns brinquedinhos, fomos no Dollarama e compramos as coisas de casa, fizemos mercado, compramos roupa de cama e coisinhas para deixar tudo com cara de lar. Dito e certo. Ele se sentiu mais seguro, viu a cama dos pais bem gostosa com edredom e deitou no meio da gente e se acalmou muito. No outro dia estava bem feliz e pintando o sete como de costume.

E nos dias seguintes ele estava bem melhor. Amando a cidade, os shoppings, as novidades. UFA !! Graças a Deus !! Fiz essa breve introdução para mostrar como foi nossa chegada com ele e para mostrar que não tinha nem como pensar em Garderie, documento e escola nessa hora. rsrssrs

Depois de resolver a inscrição do mais velho na escola secundária se passaram duas semanas e como tínhamos muita coisa pra resolver e conhecer, pensamos que era hora dele ter contato com as outras crianças e o francês.
 
Fomos atrás do site que mostra as vagas de Garderie disponíveis. Garderies de 7 dólares são muito difíceis !! Me disseram: "Vai ser impossível você achar de 7 dólares!!!", "Você não vai conseguir uma de 7 dólares, vai ter que colocar o nome na lista e esperar !!". Pois bem, na terça-feira uma amiga também muito especial, Severa, entrou no site www.magarderie.com e disse que tinha achado, entramos e realmente achamos uma ! Você coloca seu endereço e ele apresenta as vagas da mais próxima até a mais distante. Apresenta as de 7 dólares e todas as outras. Esqueci de mencionar que se você encontrar uma mais cara, o Governo reembolsa essa diferença ! O problema é desembolsar 40 dólares por dia durante uns 2 a 3 meses (tempo de espera para ser reembolsado) e esperar o dinheiro de volta ! Além do mais, as subvencionadas são fiscalizadas pelo Governo ! Continuando... entrei no site e encontrei uma vaga 1.3 Km de casa... ligamos na terça e ela disse: Tem vaga !!!
 
Ligamos e marcamos uma visita para o dia seguinte.
 
Fui na Garderie e era uma Garderie em Meio Familiar (Garde en milieu familial). A mulher falava rápido, uma Quebecoise apressada, agoniada e tinha uma casa enorme. No andar inferior ela adaptou e fez um grande espaço de brincadeiras, de estudo e para eles interagirem. Em cima eles almoçavam e tiravam o soninho deles depois do almoço ( eles chamam de Dodo).
 
Aceitamos e dissemos que  queríamos a vaga. Nesse momento ela faz um pequeno contrato estabelecendo o prazo, valores e os horários, dados da criança e da Garderie. Você assina e leva no Bureau que fiscaliza aquela Garderie, Centre de la Petite Enfance les Petits Mulots. Fui lá com o contrato, nevando e tinha que correr ou perderia a vaga ! Essas vagas são como tesouro ! Chegando lá apresentei os documentos que eles exigiam para autorizar o benefício de pagar apenas 7 dólares. Certidão de Nascimento da criança, Cartes de Residente Permanente dos pais e da criança e o contrato. Na hora da Carte de Residente Permanente a mulher não aceitou porque era uma cópia conforme feita pelo Centre multiethnique de Québec, órgão importantíssimo que ajuda os imigrantes com informações, palestras, fazendo "Cópias autenticadas conforme" e preenchendo todos os formulários para as bolsas e ajudas. Pois bem, ela não aceitou o documento. Pedi pelo amor de Deus que deixasse eu buscar em casa. Ela disse... volte antes de 15 horas. Sai correndo !!! O ponto era muito longe ! Andei muito com o vento gelado e neve na cara... claro que era uma neve fraca, mas pra quem não tinha costume ainda...
 
Sai correndo, peguei o ônibus, fui e desci do ônibus as 14:45 e tinha que andar muito... ou seja, corri ! Cheguei lá fechando e consegui ! Acreditem ! Conseguimos uma Garderie de 7 dólares com duas semanas em Québec e em dois dias desde a procura até fechar !
No primeiro dia na Garderie ele ficou meio escabriado, assustado sem entender e foi porque embaixo da casa era novidade e ele queria brincar. Olhou pra gente e disse... não vai embora, fica ai !! Aí dissemos que não podia adulto ! Ele ficou com medo, mas mesmo assim foi...
 
Terminou o primeiro dia tudo bem ! No segundo ele foi também, resistindo mas foi... no final reclamou e chorou, disse que não queria dormir... Ele nunca dormiu depois do almoço e a Gardienne já nos chamou e disse: Ele precisa dormir! No dia seguinte foi mais difícil... ele não queria mais ir... ficamos preocupados. Em casa comecei a pensar, ficamos conversando... ai decidimos pesquisar. Entrei no site da MaGarderie de novo só por curiosidade e achei uma vaga ... mais perto de casa... olhei pra ela, ela olhou pra mim e eu disse pra minha esposa... vou lá amanhã para conhecer.
 
Mesmo sem marcar (aqui tudo tem que marcar horário), sai cedo de casa e fui lá ... andando... andei, andei.. andei... cheguei na casa e bati na porta. Nada ! Telefonei ... disse: Estou aqui na porta e queria saber sobre a vaga. Ela disse: Entre pela porta lateral, estamos aqui...
 
Entrei e vi que era um casal de idosos. Ela muito simpática, carinhosa e dava vontade de abraçar. Ele um senhor muito tranquilo e bem humorado. Percebi que as crianças eram mais livres, mais alegres, brincavam muito, tinha uma música de fundo, eles pintavam com tinta na mesa arrumadinhos... pensei... aqui Arthur vai ser mais feliz! Sem saber como fazia para transferir disse: Quero a vaga como faço ???? Ela me orientou a fazer o mesmo... quando disse que ele estava em outra ela me pediu que fosse no Escritório novamente ... fui lá e a responsável me explicou que eu tinha que fazer a rescisão mas que eu teria que pagar apenas 10% do contrato ou no máximo 50 dólares.
 
Pedi que reservassem a vaga e sai correndo para a casa da maluca ansiosa... cheguei lá e falei com ela... ela se chateou, reclamou, disse que ele era feliz lá, falou mal das outras Garderies e não aceitava ... eu disse que tinha que mudar porque ela não funcionava nas segundas e eu precisava estudar (verdade!) e ela aceitou... Me meteu a faca cobrando 78 dólares de multa... falei que queria o recibo ! Ela ficou com medo, pediu para que eu não dissesse no Escritório e tal... eu disse, quero meu recibo ! Ela me deu o recibo e rescindi tudo numa boa e consegui inscrever ele na outra !
 
Hoje ele tem um mês nessa nova Garderie, amando e chama ela de Vovó !!! hahahahhahaha... Está aprendendo o francês. Na Garderie tem uma criança surda-muda e ele está aprendendo o francês e ao mesmo tempo a língua dos sinais.
 
Ele está amando... brinca muito, aprende, já está aprendendo a dormir depois do almoço, come bem, brinca na neve com pá e trenó, jogam na parte de fora da casa... é uma farra !!
 
No Brasil não temos o costume e nem confiamos nossos filhos à outras pessoas... mas aqui é normal e funciona super bem ! Ficamos com muito medo no começo, mas depois percebemos que tínhamos que entrar na dança e fomos acreditando... deu tudo certo e hoje ele está se adaptando bem. Vai feliz, acorda feliz e volta feliz... brinca e não chora mais para ir para a Garderie. Ano que vem ele estará na escola primária e já estará com um francês bom para se comunicar na escola !
 
É isso aí pessoal ! Espero que tenham gostado e que esse post ajude muita gente !
Confiem e não tenham medo ! Esse país é maravilhoso !!!

Sigam nosso canal no Youtube: Oniraci e Eduardo no Quebec
Eduardo & Oniraci


 
Primeiro dia na Garderie de Arthur
 
 
 
Chegando na segunda Garderie de Arthur...

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Educação Parte I - Escola Secundária - Filhos em Ville de Quebec

Oi pessoal,

Conforme prometido, vamos tentar explicar detalhadamente como fizemos para inserir nossos filhos na educação daqui do Quebec, em especial em Ville de Quebec, onde nós estamos. Temos dois filhos, um de 13 anos e outro de 4 anos, então estas informações podem ser importantes para muita gente porque fomos obrigados a resolver a matrícula do nosso mais velho na Escola Secundária e do mais novo na Garderie (Tipo uma creche, ou escolinha, ou creche em casa de família, ou centro de educação dos pequenos).
 
Vou dividir em duas partes para que não fique confuso e não fique um post muito grande...
 
Escola Secundária (12 aos 16 anos - Secundário 1 ao 5) :  
 
Aqui, as cidades são divididas em regiões que são de responsabilidade de comissões escolares. Estas comissões organizam e gerenciam as escolas, centros de educação e profissionalizantes de cada região específica. Para que você saiba qual comissão escolar você vai procurar para matricular seu filho ou para saber em qual escola ele vai estudar, você precisa saber em qual endereço você vai morar para saber qual comissão é responsável por aquela região. Assim que resolvemos a locação do apartamento onde viveríamos, pesquisamos e descobrimos que a Comissão Escolar de nosso filho mais velho, para o bairro de Charlesbourg, era a Commission scolaire des Premières-Seigneuries (Québec).
 
Assim, ainda no Brasil, mandei e-mail para a Comissão e informei onde iria morar, a idade de meu filho e quando chegaria em Quebec. Ela me respondeu pedindo mais informações sobre ele, qual idade e que nivel escolar ele estava. Me solicitou alguns documentos e eu perguntei se poderia enviar por email para adiantar. Ela me disse que eu poderia enviar, mas que logo que chegasse teria que apresentar os originais. Ela pediu o Bail (contrato de locação, mas eu só teria em mãos quando chegasse em Quebec porque estava com o proprietário). Mandei tudo que podia e ela pesquisou pela rua e indicou qual seria a escola. Nesta resposta ela já copiou no e-mail a coordenadora pedagógica da escola que imediatamente me enviou um e-mail também perguntando algumas coisas sobre meu filho. Eu respondi e aproveitei para informar que ele não tinha nenhum conhecimento em francês. Ela confirmou que ele iria estudar lá e que provavelmente entraria no Secundário 2 ! Eu fiquei feliz porque era justamente o nível correto dele...
 
Claro que você pode chegar em Quebec e buscar o local onde morar e pode também buscar diretamente a escola que você quer, sempre perto de sua casa e da Comissão respectiva, mas adiantar do Brasil através da Comissão adianta muito as coisas porque a escola acaba se preparando melhor para receber seu filho...
 
Chegando na escola em Quebec foi aquele arerê !!! Levar os documentos e conversar com a coordenadora... eu não entendi quase nada e meu filho com os olhos arregalados na sala sem entender nada !!! Ficou em pânico ! Ela informou que ele passaria de 2 a 6 semanas dentro de uma sala somente de franscisação e iria aos poucos entrando na turma... nesse período seriam avaliados seu francês e a matemática... e somente assim saberiam se ele seria inscrito no Secundário 1 ou 2!! Ok ! Tudo certo... Ela marcou o dia de início das aulas dele. Sugeriu que fosse na semana seguinte porque estariam ocorrendo as provas naquela semana e seria melhor receber ele depois dos exames.  
 
 
Chegou o tão esperado dia de começar as aulas... Somente duas semanas em Québec e ele teria que já enfrentar sua nova escola ! Minha Nossa Senhora !!! Eu estava mais nervoso do que ele... A professora veio conversar conosco... super educada, conversou com calma, acolheu ele, mas ele ficou muitoooooooooooo nervoso... pediu para  esperar antes de entrar na sala... pediu de novo... pediu mais uma vez... a mulher esperando... ele respirando... fiquei morrendo de pena... ela esperando... eu queria fugir de la com ele... ele muito nervoso... sem ar... pediu mais tempo... ia e voltava... foi duro !!! dificil !!! Eu fiquei o tempo todo do lado dele e disse...quer que eu suba com vc... ele antes não queria, mas depois pediu para eu ir tambem... fui com ele e a sala parecia uma sala para realmente ensinar frances, figuras nas paredes, letras, numeros, muito legal... e a professora era espetacular... mesmo nervoso e tenso ele entrou, ele pediu que eu ficasse lá embaixo, sentou na cadeira e disse que eu poderia ir... disse: "vá meu pai antes que cheguem os outros alunos...!!" kkkkkkkkk... sai de la rápido e disse... estou aqui embaixo até acabar a aula pra vc se sentir seguro...
 
Fiquei tenso !! Uma espera horrível... mas quando deu o intervalo ele desceu e foi falar comigo bem mais relaxado... mais tranquilo... e hoje depois de alguns dias ele está cada vez mais tranquilo e parece bem feliz.. a escola é maravilhosa, tem ônibus escolar para todos, espaços, campos, ginásios, equipes de esportes com toda estrutura.... um time conhecido de futebol e futebol americano, curso de robótica, artes plásticas e música... super organizada e a cada dia ele chega com uma novidade dizendo que algum aluno buscou ele para conversar e tentar ajudar... uma educação espetacular... ele disse que já está entendendo muita coisa, que o francês já está mais fácil e ele já está participando de aulas de matemática e geografia...

 
Na segunda semana ele já fez um teste de matemática e fez muito bem... logo depois do teste eles já inscreveram ele no Secundário 2 e ele recebeu os horários, papéis, formulários para o ônibus, para autorizar a tirar fotos, imagens, código de conduta da escola, agenda, livros novos e outros papéis importantes... Ao mesmo tempo, quando a escola já bateu o martelo em relação à série que ele iria ficar, eu recebi a fatura para pagar as taxas iniciais... mesmo sendo pública, você paga algumas taxas, materiais e livros... paguei 166 dólares ... para quem gastava uma grana pesada em escolas no Brasil eu paguei com muita felicidade...
 
As aulas começam exatamente as 9:10 da manhã e terminam as 16:10 com intervalo de 11:55 até 13:30 para almoço. Alguns almoçam em casa, outros levam seu almoço e esquenta em um dos 437 microondas do refeitório... refeitório enorme ! ainda tem máquinas de lanches e bebidas... nada de refrigerantes.... só máquina de água e outras bebidas... Nos primeiros dias, como ele estava morrendo de vergonha, ele saía da escola e ia andando comer em uma lanchonete próxima ... aos poucos ele está se ambientando...
 
É isso pessoal, espero ter ajudado... o próximo post falo sobre os pequenos e a saga de encontrar uma garderie para eles...
 
Nosso canal no Youtube: Oniraci e Eduardo no Québec 
Abracos !
Eduardo
 
 
 




 

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Documentos no Quebec

Pois então gente!!! Chegamos cansados mas super felizes e dispostos para resolver tudo  mais rápido possível!

Logo no segundo dia aqui em Quebec fomos dar entrada no nosso NAS (número de assurance social) e no Assurance Maladie (tipo o nosso SUS). Os dois foram bem tranquilos. Primeiro tiramos  assurance maladie. Chegamos, pegamos uma senha e após 2 minutos fomos chamados para um guichê onde a mulher super simpática nos pediu nossos documentos e  os dos meninos! Assinamos uns papéis e depois fomos para outro guichê tirar a foto para a carteirinha, pagamos uma pequena taxa que nao me lembro quanto, mas foi um valor pequeno.

Depois fomos tirar o NAS, que tbm foi bem rápido, não pagamos taxa nenhuma e nem tiramos foto.
Na semana seguinte fomos marcar nosso Rendez-vous no MICC  e no Centre Multiethnique de Quebec. No MICC participamos de uma palestra de 3 horas sobre os primeiros passos no Quebec, onde devemos ir, o que fazer e como fazer. Já no Centre Multiethnique informaram sobre todas as ajudas que podemos receber do governo federal e provincial conforme o perfil. Ajudaram a preencher todos os formulários para podermos receber a ajuda financeira. 

Muito cansativo pra gente pois fomos com os meninos, então imaginem pra uma criança de 4 anos ficar sentada sem comer de 9:00 às 12:00 e sem poder dar um piu rsrsrsrs.

Aqui o pessoal é super pontual, se diz a hora, chegue na hora combinada, pois eles se irritam se vc chega atrasado heeheheheh!

Aproveitamos pra conhecer um pouco da cidade nesses passeios de ônibus e carro que fizemos pra resolver toda essa documentação. A cidade é lindaaaaaaaaa demais, mesmo no outono, com as arvores sem folhas ela fica linda, imagine na primavera como não deve ser...

Até agora estamos encantados com a gentileza, a alegria, a vontade de ajudar e simpatia dos Quebecoises. Eles adoram quando vc diz que é imigrante e tentam te ajudar na maior calma e simpatia, se vc diz que não entende eles mudam pro inglês rapidamente e se vc diz que também não entende eles mudam a frase até vc entender!! ohhhhh genteeee boaaaaaaa meu Deusssss.

Ainda estamos na correria, escola de Duduzinho, Garderie de Arthur, nossa francisação que faremos na Université de Laval, muita coisa pra contar... mas vou ficar por aqui pra não ficar grande o post, vou contando as coisas as poucos pra vcs tbm ao ficarem de saco cheio da nossa cara aahhaahah

E os vídeos continuam.... Nossa página no Youtube: Oniraci e Eduardo no Quebec


Beijinho fufinhos
Oniraci:)


domingo, 17 de novembro de 2013

E não é que a neve apareceu?

Vamos lá contando a nossa saga heheeheh. Assim que chegamos foi aquela correria como contei no post anterior, dormimos tarde e praticamente desmaiamos. Mas vou contar um pouquinho mais da nossa chegada.

Quando chegamos já tínhamos alugado um apartamento lá do Brasil, com a ajuda do nosso anjo chamada Rebeca que já morava aqui e procurou tudo pra gente, comprou nossos móveis, e ainda arrumou o apt, quando chegamos só faltava comprar os colchões, isso não queríamos comprar usado, ainda mais pq Eduardo tem problema de coluna! Mas íamos dormir em colchões  de ar por enquanto, massss.... conseguimos comprar um novo na promoção e ainda eles entregaram no mesmo diaaaaaa!!! Que belezaa!!! O detalhe apenas foi que o velho( o vendedor e dono da loja rsrsrs) disse que ia entregar mas que precisava de ajuda para levar o colchão pq ele sozinho não podia, então, quem carregou esse colchão nos 3 andares de escada??? haahahahah Eduardo e Alêo, fora que foram 2 de solteiro e um de casal heheeheh!! Enfin...Dormimos no nosso colchãozinho novo!!! \0/.

Assim que acordamos um lindo presente na janela.... NEVEEEEEEE não acreditei! e nem mesmo os Quebecas!!! como assim? Neve já??? heheheheeh lindaaaaaaaaaaaaa! Os meninos amaram e nós ficamos encantados...

Fomos na Dollarama comprar as coisinhas de casa... Aquele lugar não é de Deus não genteeeee!!!! hahahahah Fiquei louca, o preço maximo são 3dolares, imagine ai??? coisa boaaaaa mesmo! nada dessas lojas de 1,99 que temos no Brasil com um monte de porcaria!!. Fiz um videozinho dentro pra vcs verem!...

Vou parando por aqui pro post nao ficar grande. Vou colocando os vídeos e as coisas que fomos fazendo de papelada, de curiosidades e tudo mais!! qualquer coisa que vcs queiram que a gente filme vão dizendo que vamos filmar quando puder!!!

fizemos um canalzinho no YouTube (Eduardo e Oniraci no Quebec) e estamos colocando nossos vídeos!!!
Segue abaixo alguns vídeos 



















segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Chegamos em Ville de Quebec!! Uiaaaaaaaa!!

Povoooo de Deusssss chegamossssss.

Demorei um pouco pra escrever pq você chega na correria, um monte de coisa pra resolver, um monte de lugar pra ir, vc vai andando, de buzu, na porra toda hahahhaha! Mas a agonia é boa demais!
Isso aqui e tudo e muito maisssss, aqui é lindo demais gente, coisa de Deus, os meninos já estão adaptados, não querem ir mais embora, imagine?? perguntei para os dois isso e eles disseram que não querem mais voltar!
 
Assim que chegamos estava um frio da zorra, a viagem foi tranquila, nosso amigo(anjo) Alê já estava nos esparando com um papel na mão escrito Kombis hahahahaha. Ele alugou uma mini Van pra caber as 8 malas grandes mais as 3 de mão e mais 4 pessoas fora ele no carro!!! Se Deu??? rapazzzzzz parecia aquele jogo Tetris hahahaha mas deu viu?, aperta daqui, aperta da li e deu!
 
 
Chegamos logo e fomos pra nossa casinha e deixamos as malas lá e fomos almoçar em um lugar aqui pertinho, onde vc paga um valor fixo e como a vontade! uma delicia! Depois saimos para comprar algumas coisinhas na dolarama(o paraíso) pq aqui em casa não tinha aquelas coisinhas básicas... copos, pratos, talheres, panelas..etc. A noite fomos no mercado e como Arthur estava enjoadinho resolvemos fazer uns sandubas em casa e comer junto com Alê e Vivi que já moram aqui a um tempinho(galera de Salvador tambem).
 
Hora de agradecer né? Vivi, Alê,Rebeca e Roberto nossos anjos, sem eles nossa chegada não teria sido tão especial!! prepararam tudo, sairam com a gente, se preocuparam, estavam o tempo todo prontos pra ajudar, levavam a gente pra vários lugares. Realmente sem eles não teria sido tão perfeita a nossa Chegada! Precisamos agradecer também a Gabi e Armando que sem eles não teríamos conhecido Vivi e Alê e a Helton e kedima que sem eles não teríamos conhecido Rebeca e Roberto!
 
Gente já fiz vários vídeos! vou colocar todos aqui!! Todo tempo que tiver vou postando as novidades, o que vamos fazendo , tudo tudo!, esse post foi rapidinho para podermos contar a vcs que chegamos bem!
Beijos fufinhuss
Oniraci :)