Pesquise sobre Imigração Canadá

Pesquisa personalizada

École de français québécois

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Um pouco da vida de imigrante aqui no Québec - Ville de Québec/Canadá


Olá povissssss!! hehehehe... Resolvi hoje falar bobagens, coisas que aconteceram com a gente por aqui, alguns perrengues, coisas malucas... Um pouco do que a gente passa aqui nessa terra geladaaaaaaaa!!! Entonces vamos lá...


Vou falar um pouco dos Quebecas... (minha visão claro)... Eles são bem simpáticos e educados... uma educação que chega a dar nervoso rsrsrs... Adoram conversar, falar da vida, saber da sua então?? Afff! eles adoram saber da sua vida todaaaaa... Sabe a fifi fofoqueira?? Vixe tô veia viu? hahahaha será que alguém lembra da novela que tinha a fifi fofoqueira?? Ta certo, eu era pequena tá? Unff rsrsrs.






Então, eles são bem receptivos, adoram rir, fazer brincadeiras, realmente são bem simpáticos, claro que vc vai encontrar um ou outro ranzinza, mas graças a Deus eu peguei poucos nesse 1 ano de Canadá... Primeiro eles são bem discretos, mas depois vão se chegando, ai quando vc mostra os dentes já era hahahahaha se enturmaram, lascou-se... Valei-me Nossa Senhora... Sabe baiano cheio de dente?? Que conversa com a pessoa parecendo que conhece ha anos? Pois, é o Quebeca quando vê que vc abriu os dentes haahhaha. Estão sempre dispostos a ajudar de alguma forma... Ainda não peguei ninguém que não me ajudasse com alguma informação, se é no mercado, na rua, no ponto, no cegep, no hospital... Sempre tem um quebeca por perto pra te ajudar em alguma coisa...( Não estou dizendo que não existem aqueles metidos a besta que nao olham nem pra sua cara... mas não encontrei ainda, pode ter gente que tenha encontrado vários já.).


O Francês, minha gente o que é isso hein?? Jesus misericórdia... Gente quando vc acha que sabe alguma coisa de francês vai pra rua e desiste hahahaha... Olhe, falo por mim viu?... Cheguei aqui com um francês intermediário, intermediário pra mim, pq acho que pra eles era básico mesmo haahahahah... Primeiro que o Quebeca fala pra dentro, não fala pra fora, eles tem milhòes de gírias, se vc fala com um veinho ai lascou-se, nao entendo mesmooooo, e ainda mais os sem dentes hahahahahahahaha. Oh Deus....



E pra mim, mesmo estudando na Laval, o francês ainda foi difícil.. Eu não tinha coragem de falar, morria de vergonha, pq quando vc abre a boca pra falar algo, tem uns quebecas que fazem uma cara parecendo que vc fala Japonês, sei lá, sabe aquela cara que vc aperta o olho tentando entender?? aff aquilo me matava... Eu pensava, realmente meu francês deve estar péssimo, pq ninguem me entende nessa zorra? hahahaha. Tem dias que vc fala que é uma beleza, coloca verbo até no subjuntivo e as porras, mas tem dias minha amiga.... Que nem jesus pra salvar!!! Atender telefone era o mesmo que me matar. Logo quando cheguei aqui, ouxi corria do telefone como o diabo da cruz, coração disparava, faltava ar, era um Deus nos acuda... Hoje já atendo rsrsrs mais ainda o coração dispara ahahahahah. Se tinha que ligar pra alguém, principalmente pra ordem dos enfermeiros eu escrevia tudo que ia falar, estava com o roteiro na mão, se a mulher mudasse o roteiro, ai minha amiga, lascou-se, batia na cara dela hahaahahha...Mas que zorra? responda o que te perguntam e não faça mais perguntas minha senhora, ouxi hahahaha. Depois ligava de novo dizendo que a ligação caiu e já com a resposta pronta no papel hehehehe.



Eduardo toda vez que ia comprar sanduiche voltava sempre com duas promoçoes de cada.. Eu dizia, pq vc pediu tanto e repetido, que fome é essa homem??? Ele dizia: Eu peço uma promoção, mas não sei que diabo é que eles sempre entendem duas hahahahaha mas que zorra!!! Fomos na garderie antiga de Arthur levar um presente de Natal pra a veinha que cuidou de Arthur, chegando lá só o marido dela estava ( Oia os veinhos rsrsrs) Ai Eduardo inventou de perguntar que dia a garderie fechava no natal.. Minha gente uma zorra de uma frase simples em francês, a zorra do veio não entendia.. Eduardo falou de todas as formas, eu dizia, muda a frase, muda a pergunta pelamordedeus, e o veio sem entender.. Ele quase grita em português mesmo, "Que dia dos infernos fecha estaaaaaa merdaaaaaaaa, que dia fecha esse brega aqui !!! hahahahaha, ele ficou muito nervoso, até que depois de uns 15 minutos a zorra do veio entendeu... hahah, Ele saiu de lá retado, não é possivel ! hahahah.



No estágio no hospital eu passo cada perrengue retado, outro dia pra eu dizer que o meu paciente estava com uma ferida no ovo (saco, escroto...hahahah) foi um perrengue! Minha gente! Eu falava sssssscrotummmm, ouxi e a enfermeira me olhava, eu: scrótúmmmmm, éscrôtummm, scrôtúmmm, e todo mundo me olhando ai eu fiz a mimica, mostrando o que era, todo mundo rindo da minha cara... ahahaha ai perguntei a ela como falava.. A miseravi falou praticamente a meeeeesssma coisa que eu falei..  Ouxi, mas não foi isso que eu falei?? Ahhh me deixe viu? rsrsrs. 


Fui escrever na evolução que o paciente tinha um curativo na sacra.... Minha amiga eu escrevi, dans le siège... Ahhhh minha filha, a professora ficou sem ar de tanto rir... Eu escrevi que o paciente tinha um curativo dentro da bunda hahahahaha, ela disse que era, au siège, oia a zorra?? E pra dizer que o paciente tomou a medicacao às 12 horas ?? Ouxi.. fale ai doze horas e duas horas em francês québécois ... É a mesma zorraaaaa, Douze heure et deux heure. Só Deus pra me ajudar viu? Passei 5 minutos falando e a enfermeira nao sabia se eu dizia 12 ou 2.. ai eu disse pere que vou escrever essa zorra.. rsrsrsrs

Arthur está otimo na escola, super adaptado já ... Os primeiros dias foram difíceis pq eram pessoas novas, coleguinhas novos e ele estava acostumado com a garderie de meio familiar, onde só tinha 7 meninos com ele. O Maternelle começa quando a criança faz 5 anos. Então, antes de acabar a garderie a gente já procurou qual escola ele iria ficar. Já fizemos a matrícula antes mesmo dele sair da garderie. O início do ano escolar é em setembro, então uns 6 meses antes a gente ja procurou a escola dele. Como a gente já tinha encontrado um apt novo pra se mudar, a gente escolheu logo uma escola perto da casa nova ... A gente vai andando pra escola, 5 minutos a pé ... As aulas começam 8h até as 11h30 e depois volta de 13h30 às 14h30... Vc tem a opção de pagar a garderie na própria escola que fica com a criança pra vc não precisar pegar nesse horario, tanto no almoço como depois, pq normalmente os pais saem do trabalho às 17h.




 Então pagamos 7,30 dólares por dia na garderie da escola.  Nós que preparamos o almoço e o lanche todos os dias e pegamos ele umas 4:30 da tarde. Enquanto ele fica na garderie ele tbm tem atividades educativas, eu gosto muito, principalmente da gardienne, ela é bem tranquila e Arthur adora ela. A única coisa que ainda não me acostumei é que eles querem que as crianças sejam mais independentes o máximo possível e pra gente isso ainda é um pouco novo. Estamos acostumados a fazer ainda muitas coisas pra nossos pequenos. Aqui na rua tem uma senhorinha que fica com aquela plaquinha de "pare" pra criança atravessar a rua. Ela fica lá pela manhã e pela tarde, a hora que as crianças chegam e saem da escola, pra atravessar os meninos, minha gente.. Essa veia me deixa com taquicardia, pq vc esta ainda no meio do caminho ela ja está parando os carros, vc tem que correr pra atravessar.







Eduardo vai levar Arthur na escola pela manhã e vai escondido pelos carros pra veia não ver ele, mas não tem jeito, no meio do caminho ela vê ele e já grita: Senhor, senhor, venha... haahahah Eduardo corre com Arthur, vamos Arthur correeeeee,... hahaah ai quando ele chega todo esbaforido ela ainda diz: Ele já pode ir pra escola sozinho neh pai??? ouxiii meu Bebe?? 5 aninhos, sozinho na rua? no frio?? Deixo não sua veia doida hhahahaha, va cuidar de sua vida, ouxi, mas veja unff !!! hahaha, E olha que tem meninos menores que Arthur que vão sozinhos, eu ainda nao tenho coragem de deixar não...








Duduzinho também está bem integrado na escola e com os colegas. Ele já sai com eles alguns fins de semana, está indo muito bem na escola, com as notas. Faz parte do time de futebol aqui do bairro, participa de campeonatos. Pergunto a ele se ele quer voltar pro Brasil e ele me diz que não quer e se eu for eu vou sozinha, que ele vai ficar aqui, ,mais oia?? Aqui ele sai tranquilo, de bicicleta, de skate, vai onde quer de onibus, com o celular, pode andar seguro nas ruas sem problemas... pq ele ia querer voltar?? Pega o onibus da escola quase na porta de casa, tem já muitos amigos, ele não vai mesmo... rs




Esses dias conhecemos um cara super gente boa, na verdade dois, o Luciano e o Carlos, dois Brasileiros que estão em Montreal estudando e que vieram conhecer Ville de Québec. O Luciano lê o nosso blog, é enfermeiro também. Então ele marcou pra gente tentar se encontrar aqui em Ville quando ele chegasse. Então marcamos la no Château pra nos encontrarmos, conversamos bastante... Adorei conhecê-lo, muito alto-astral, e ainda trouxe paçoca e cachaça pra mimmmmmm oiaaaaa que fufuco? heeheheheh!! Achei legal que a gente se conheceu através do blog e agora somos amigos... foi muito legal mesmo, pois falamos de muitas coisas, pena que ele tinha que ir pq o onibus ia voltar pra Montreal, se nao, acho que a gente passaria a noite conversando hahaahahah. é legal vc saber  que realmente o blog leva informação pra muita gente, e saber que de aguma forma vc está ajudando... Adorei mesmo conhecer vcs meninossss, Luciano e Carlos.




Nossa vida ainda está corrida, eu nos estágios, às vezes eh de dia das 7:30 as 15:30 ou a noite das 16 à 22h  durante a semana, tenho livre os fins de semana mas que servem para fazer um trabalho, ou estudar algo do estagio, e ficar com os meninos. Eduardo está trabalhando e estudando ao mesmo tempo, e fins de semana tbm ... Então esse inicio realmente está bem puxado pra gente, ficamos muito cansados, e ainda temos que dar atenção aos meninos, pq quem tem um adolescente e um pequeno em casa não eh brincadeira hahaha, são muitas cobranças... Mas logo a vida começa a acalmar e a gente pega o ritmo... A vida aqui no início não é mole, vc trabalha, estuda pra realmente conseguir organizar tudo... tem a língua, a adaptação com tudo novo, pra vc , pra sua familia, mas tudo está valendo a pena... Mesmo com essa correria, e cansaço já sentimos a diferença em nossas vidas e na dos meninos, só saber que eles podem brincar e sair com segurança ja está valendo a pena..

Bem, se vcs quiserem saber de algo em específico joga ai nos comentários que eu vou tentar ir fazendo os posts pra tentar ajudar... não garanto que será rápido, mais vou tentar ... Pq na verdade, estou fazendo muitos posts sobre a equivalência de enfermagem pq é o que estou vivendo agora e sei que tem muito enfermeiro querendo saber como tudo funciona. Mas podemos falar de várias coisas que não sejam ligadas a Enfermagem..

Beijos fufucossss!!
Oniraci :)